Repertório

Oficina do Riso

... ou "Princípios Cômicos do Ator Contemporâneo". Como ter forças para encarar o Mal? Como ter forças para fazer a pergunta que liberta? O riso, ao apontar o ridículo do outro e de si mesmo, foi a resposta do homem para esse desafi o desde o início dos tempos. Medo da chuva? Do trovão? Das doenças? Da morte? Vamos rir dos nossos medos... A morte vai continuar matando, mas não vamos deixar que o medo dela nos mate em vida. (Alice Viveiros de Castro)

Trabalho desenvolvido em três partes: preparação do corpo para o jogo cômico; princípios técnicos do riso; o riso e a cena.

Direcionada para atores e não atores a oficina se desenvolve de maneiras diferentes de acordo com o público alvo. Inspira respeito, empatia  e humildade. Propõe ferramentas de acesso rápido a energias fundamentais para realização de qualquer ação, cênica ou real. E num mundo em que se vive cada vez mais no passado ou no futuro, criamos ambiente propício para experienciar o AGORA.

Thiago Moura é ator e palhaço, bacharel em artes cênicas pela Universidade Federal de Goiás. Sua formação como cômico e palhaço envolve estudo junto a profissionais como Tiche Viana e Ésio Magalhães (Barracão Teatro/Campinas-SP), Miqueias Paz (DF), Chacovachi (Argentina), Pepe Nuñez (Pé de Vento Teatro/Espanha/Brasil), Leris Colombaioni (Itália), Udi Grudi (DF), Biribinha (AL), Avner Eisenberg (EUA) e Sue Morrison (Canadá).

Carga horária: 04h/a (workshop), 08h/a (curso rápido) ou 20h/a (intensivo)

Necessidades para realização: Apito e chocalho, duas vendas,  25 cabos de vassoura (pode pedir para os participantes trazerem), saco de balões coloridos tamanho médio redondo, saco de balões coloridos tripa, sala ampla (arejada, com boa ventilação ou com ar condicionado).

Ministrante: Thiago Moura

Desde o início dos tempos, o riso foi e ainda é utilizado como elemento ritual para espantar o medo, especialmente o medo da morte.

Alice Viveiros de Castro

O Elogio da Bobagem

FICHA TÉCNICA

Grupo de Teatro

Ministrante
Thiago Moura